Umas das perguntas que mais escuto em minhas palestras se refere a utilização das ferramentas da internet para a captação e retenção de clientes. É importante lembrar que a internet é mais uma mídia, um canal de comunicação entre você e o cliente. A diferença é que ela é interativa. Nas outras, a informação vai do transmissor para o receptor passivo. A internet é uma mídia de mão dupla, permitindo o diálogo entre o profissional e o seu cliente.

Embora seja uma ferramenta poderosa, que permite contato praticamente instantâneo entre as partes, a internet não substitui a comunicação pessoal e direta entre o profissional do mercado veterinário e o cliente. Por meio dela que se estabelece a relação de respeito e confiança. Um profissional do mercado veterinário depende de credibilidade e isso não é possível obter online. O site, o e-mail e outras interfaces das mídias sociais servem para complementar e facilitar a comunicação com o seu cliente, mas não servem para iniciar novos relacionamentos. Se eu não conheço você e te envio um e-mail, a mensagem tem pouca força. Por outro lado, se nós nos conhecemos previamente, quando você recebe o meu e-mail, a comunicação tem mais poder e realmente acontece.

Existem poucas especialidades onde um site pode ser um bom ponto de partida para se conquistar novos clientes. São aquelas que geram constrangimento social, tais como sintomas e tratamento da leishmaniose. Ninguém se sente a vontade em admitir que seu animal está com leishmaniose. Um canal que possibilite ao cliente o contato online com o profissional especializado em  Leishmaniose pode iniciar relacionamentos promissores. A distância do e-mail é um importante aliado do cliente para expressar as suas dúvidas e aliviar as angústias nesses tipo de consulta.

Depois do contato inicial, o profissional poderia convidar o cliente potencial para trazer o seu animal e fazer uma visita ao seu consultório com agendamento prévio. Nesse caso, a consulta deve ser cobrada para afastar curiosos e para aumentar a sua segurança. Clientes captados pela internet não são referenciados e isso deve ser levado em conta.

É importante ressaltar que um site deve abordar aspectos psíquicos e sociais e não aspectos técnicos-clínicos da especialidade. Muitas vezes o profissional do mercado veterinário desenvolve a comunicação voltada para outros profissionais e não para clientes. Comunicação técnica, como imagens que nada dizem para os clientes, não faz sentido. Seu site deve ter conteúdo e ser extremamente atraente. Um site deve oferecer aos clientes potenciais informações de cunho educativo sem ser monótono e chato. A melhor propaganda é aquela que não se parece com propaganda.

É aconselhável que você valorize o seu currículo, inserindo a sua foto (tirada por um bom profissional) e todos os seus títulos relevantes. Isso dá segurança ao cliente, que vai perceber que você tem conhecimentos profundos na sua especialidade. Tenha o telefone e o endereço da clínica bem visível e um e-mail de fácil acesso. Verifique sua caixa postal diariamente e responda aos contatos recebidos de forma atenciosa, elegante, profissional e rápida. Internet pressupõe rapidez na resposta, nunca demore mais de 24 horas para responder a um e-mail. Tenha um cuidado especial com o português, erros de gramática e de concordância podem contar pontos contra você.

Estar online é melhor do que não estar. No entanto, a internet não substitui a mais poderosa de todas as bandas: o olho no olho. De um lado você, do outro lado o cliente. Na comunicação entre dois seres humanos nada é mais poderoso do que o contato direto. Essa é a maior de todas as conexões e nenhuma tecnologia jamais substituirá.

Quer saber como se Destacar no mercado Veterinário e Conquistar a Sua Liberdade de Tempo e Financeira? Clique aqui!


Fábio Fidelis
Fábio Fidelis

Autor do livro: VetBusiness: A Nova Era Milionária dos Empreendedores do Mercado Veterinário - Idealizador do Curso: Os Segredos do Sucesso Veterinário - Revolucionou o Hospital Veterinário Cambuá em 5 anos - Aumentou o faturamento do Hospital Veterinário Cambuá em 40 vezes - Estudou Empreendedorismo na instituição de ensino Success Resources UK em 2015 a 2017 - Estudou Empreendedorismo na instituição de ensino Quantum Leap T.Harv Eker School em 2015 a 2017 - Estudou na instituição de ensino Curso de Gestão de Pessoas Sebrae em 2014 - Estudou Empreendedorismo na instituição de ensino Empretec - ONU (Organização das Nações Unidas) em 2014 - Estudou na instituição de ensino Curso de Gestão de Marketing Sebrae em 2013 - Estudou na instituição de ensino Curso de Gestão e Marketing Gioso em 2013 - Hoje atua como fundador do Sucesso Veterinário que está ajudando milhares de empreendedores no mercado veterinário a terem muito sucesso e ao mesmo tempo equilíbrio em suas vidas profissional e pessoal. - Minha missão de vida é: Fazer com que as Pessoas Vivam Livres e Nunca Deixem de Sonhar!

Comentários

Deixe um Comentário

Seu E-mail não irá ser publicado.